O que significa ser saudável?

Postagem: 21/11/2017 | Alimentação saudável

O termo saudável nunca esteve tão em alta quanto atualmente, entretanto, com uma avalanche de utilizações variadas da palavra, o que significa ser saudável? De acordo com o dicionário Aurélio, saudável é tudo que faz bem para a saúde, porém, os conceitos em torno deste termo tornam sua compreensão cada vez mais complicada, gerando confusão e proporcionando a criação de lendas e mitos.

Muitos pensam que para ser saudável é necessário consumir apenas hortaliças e frutas, produtos zero açúcar, sem lactose e  glúten,mas, se esquecem que a alimentação é muito mais que a ingestão de nutrientes. Quando pensamos no conceito de ser saudável, não podemos considerar apenas os nutrientes que determinado alimento possui, mas tudo que está relacionado ao ato de comer.

O processamento a que o alimento é submetido interfere diretamente no perfil de nutrientes,no gosto e  no sabor das preparações, sendo determinante na adoção de certos hábitos alimentares.  Com base no processamento empregado na produção dos alimentos, podemos dividí-los em quatro categorias:

  • Alimentos in natura ou minimamente processados: são aqueles obtidos diretamente de plantas ou de animais (como folhas e frutos ou ovos e leite) e adquiridos para consumo sem que tenham sofrido qualquer alteração.
  • Oléos, gorduras, sal e açúcar: são produtos extraídos da natureza ou de  alimentos in natura  que passam por processos como prensagem, moagem, trituração, pulverização e refino.
  • Alimentos processados:  são fabricados com a adição de sal,açúcar ou outra substância de uso culinário para tornar os alimentos

duráveis e mais agradáveis ao paladar. São usualmente consumidos como parte ou acompanhamento de preparações culinárias feitas à base de alimentos minimamente processados;

  • Alimentos ultraprocessados: são formulações industriais feitas inteiramente ou majoritariamente de substâncias extraídas de alimentos (óleos, gorduras, açúcar, amido, proteínas), derivadas de constituintes de alimentos (gorduras hidrogenadas, amido modificado) ou sintetizadas em laboratório com base em matérias orgânicas como petróleo e carvão (corantes, aromatizantes, realçadores de sabor e vários tipos de aditivos usados para dotar os produtos de propriedades sensoriais atraentes).

A regra de ouro para manter uma alimentação saudável é sempre optar por alimentos in natura ou minimamente processados  à  alimentos ultraprocessados.

Ou seja opte por água, leite e frutas ao invés de refrigerantes, bebidas lácteas e biscoitos recheados; não troque comida feita na hora por produtos que dispensam preparação culinária  como sopas  prontas, “macarrão instantâneo”,  pratos congelados prontos para aquecer, sanduíches, frios e embutidos, entre outros. Quanto às sobremesas, prefira as caseiras,

O Ministério da Saúde estabelece 10 passos para alimentação adequada e saudável:

  1. FAZER DE ALIMENTOS IN NATURA OU MINIMAMENTE PROCESSADOS A BASE DA ALIMENTAÇÃO
  2. UTILIZAR ÓLEOS, GORDURAS, SAL E AÇÚCAR EM PEQUENAS QUANTIDADES AO TEMPERAR E COZINHAR ALIMENTOS E CRIAR PREPARAÇÕES CULINÁRIAS
  3. LIMITAR O CONSUMO DE ALIMENTOS PROCESSADOS
  4. EVITAR O CONSUMO DE ALIMENTOS ULTRAPROCESSADOS
  5. COMER COM REGULARIDADE E ATENÇÃO, EM AMBIENTES APROPRIADOS E, SEMPRE QUE POSSÍVEL, COM COMPANHIA.
  6. FAZER COMPRAS EM LOCAIS QUE OFERTEM VARIEDADES DE ALIMENTOS IN NATURA OU MINIMAMENTE PROCESSADOS
  7. DESENVOLVER, EXERCITAR E PARTILHAR HABILIDADES CULINÁRIAS
  8. PLANEJAR O USO DO TEMPO PARA DAR À ALIMENTAÇÃO O ESPAÇO QUE ELA MERECE;
  9. DAR PREFERÊNCIA, QUANDO FORA DE CASA, A LOCAIS QUE SERVEM REFEIÇÕES FEITAS NA HORA;
  10. SER CRÍTICO QUANTO A INFORMAÇÕES, ORIENTAÇÕES E MENSAGENS SOBRE ALIMENTAÇÃO VEICULADAS EM PROPAGANDAS COMERCIAIS.

 

Fonte: GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA- 2016

 

BRUNA A. CATARINO LEITE

CRN: 29761

Por: Nutrifam Nutrifam