Na hora do jantar lanchinho é fácil, mas não é legal!

Postagem: 08/11/2017 | Alimentos funcionais

Atualmente vivemos uma rotina de inúmeras tarefas e longas jornadas de trabalho. Infelizmente a fadiga e o cansaço após um longo dia reflete diretamente em nossas refeições e escolhas alimentares. Um dos principais vilões é o hábito de substituir refeições completas por lanches rápidos, geralmente gordurosos e extremamente calóricos. O jantar, em grande parte dos casos, é a principal refeição negligenciada. 

 

É claro que existem exceções, como dias de atraso, reuniões não programadas ou trânsito mais complicado que o normal. Nesses casos a substituição é aceitável, entretanto, substituir um prato de arroz, feijão, legumes e carne por um fast food, pizza ou salgadinho industrializado com frequência não é uma opção inteligente. O problema é quando a prática da substituição se torna uma regra, e não uma exceção.

 

A substituição contínua do jantar por lanches pode gerar gastrite, problemas intestinais, azia, obesidade, deficiência de vitaminas e colesterol alto. Em geral lanches rápidos como sanduíches e salgados possuem uma quantidade elevada de calorias, carboidratos simples, sódio e lipídios. Por consequência, a quantidade de fibras, vitaminas e minerais é menor.

 

Pode parecer difícil produzir diariamente uma refeição completa a noite, entretanto, pode-se aproveitar os finais de semana para fazer o pré preparo dos alimentos ou até mesmo produzir refeições completas e congelar. Outra dica é utilizar alimentos feitos no almoço, incrementando as refeições com saladas ou acompanhamentos diferentes.

 

O planejamento é parte essencial de uma alimentação mais saudável. Se tiver dificuldades, uma nutricionista pode te auxiliar. Sua saúde agradecerá!

 

Roberta Quintiliano,

CRN 46801/P

Por: Nutrifam Nutrifam